Cisne Branco faz roteiro para Santa Cruz do Sul

Na Oktoberfest de Santa Cruz do Sul, em 2015, aquela operosa e festeira comunidade escolheu o barco Cisne Branco para fazer o lançamento da grande festa (Matéria anterior ) e recebeu convidados numa noite das mais agradáveis. Afinal, a diretoria do Cisne Branco também fazia o relançamento do roteiro hidro-rovoviário, o que acabaria não se concretizando dado as condições climáticas – chuvas intensas e enchentes na Primavera/Verão 2015 – que culminaram com um vendaval e a destruição de quase todos os parques da Capital Gaúcha e o abalroamento do barco, no cais do porto, no final de janeiro de 2016.

Barco Cisne Branco em cruzeiro até Santo Amaro

Barco Cisne Branco em cruzeiro

Mas agora, depois de tanta espera e de reforma e reparos, o tão esperado Roteiro Hidro rodoviário a Santa Cruz do Sul a bordo do Cisne Branco terá sua edição em 11 de março deste 2017. “O objetivo do passeio é proporcionar um maior contato das pessoas com a natureza e as paisagens da região disponibilizando um roteiro especial com navegação pelo Rio Jacuí, conhecendo uma das Eclusas de nosso Estado e aproveitando Santa Cruz do Sul”, explica a proprietária da embarcação, Adriane Hilbig.·.

Porto Alegre vista desde o Rio Guaíba

Porto Alegre vista desde o Rio Guaíba

A assessoria de comunicação da empresa envia informações e destaca que este é o roteiro é o único no Estado que conjuga os dois meios de transporte: barco e ônibus, oferecendo um turismo de qualidade e inovador. “Recentemente a ONU declarou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, então acreditamos que este seja um bom momento para incentivarmos o turismo náutico no Rio Grande do Sul,”, ressalta Adriane.

Cisne Branco

Cisne Branco atravessa a eclusa – foto Eduardo Scaravaglione

A saída será dia 11 de março, às 7h do sábado, com embarque no Armazém B3 do Cais do Porto de Porto Alegre. Com serviço de lanche da manhã e almoço a bordo, a navegação pelo Rio Jacuí garantirá a passagem pela Ilha do Lage, Ilha da Ponta Rasa, Ilha do Fanfa (nesta Bento Gonçalves esteve preso, na Revolução Farroupilha), Granja Carola, Colônia Penal General Daltro Filho, Charqueadas, São Jerônimo, até a chegada a Santo Amaro, onde termina o trecho hidroviário. A partir desse porto, a ida será via rodoviária. Mas antes, os passageiros terão conhecido a Barragem Eclusa de Amarópolis – obra de engenharia, construída com mecanismos que regulam o volume das águas do Jacuí, de forma a permitir que haja calado suficiente para a navegação, da mesma forma que permite a subida dos peixes – nas laterais – para o sagrado direito da Piracema. Uma obra perfeita, feita com toda a tecnologia, capaz de aumentar o volume de água nos períodos de estiagem e mantendo os volumes adequados nas cheias.

Cisne Branco à noite

Cisne Branco à noite

O roteiro inclui transporte fluvial e rodoviário, hospedagem com café da manhã, refeições no Cisne Branco (lanche e almoço dia 11), jantar em restaurante típico alemão e tour pela cidade de colonização germânica, a Catedral em estilo Gótico, dedicada a São João Batista e, ainda, visita ao Parque onde são realizados eventos, entre esses a Oktoberfest. As informações sobre valores podem ser obtidas pelo fone: (51) 3224.5222 ou nas principais agências de viagem.

Cisne Branco Santo Amaro

Convés inferior é palco de festas e danças

Você pode gostar...