Campanha busca reabrir Aeroporto Internacional Salgado Filho em Porto Alegre, no RS

“RSDeNovoNoAr” é o slogan da campanha lançada pela Associação Federativa de Empresárias e Executivas de Turismo do Brasil (AFEET/RS) visando chamar a atenção para a necessidade de reativação do Aeroporto Internacional Salgado Filho. Se depender da solenidade do lançamento, na sexta-feira (14/06/2024) em Porto Alegre, na sede da Associação Brasileira de Agência de Viagens (ABAV/RS), a campanha vai girar o mundo pois a presença de interessadas e interessados superou a capacidade da sala de reuniões na ABAV no Centro Histórico de Porto Alegre.

 “O evento foi um marco para a retomada do desenvolvimento da economia gaúcha. A presença de tantas pessoas engajadas em prol da reativação do aeroporto, num período mais rápido e não somente em dezembro, demonstra a importância da união para superarmos os desafios”, afirmou Rosane Ávila, vice-presidente da AFEET.

De acordo com Rosane Ávila, que fez o chamamento para essa campanha, Porto Alegre não pode ficar tanto tempo desprovida de um aeroporto de acordo com a sua capacidade e importância. “O Aeroporto Salgado Filho é muito mais do que um ponto de partida para viagens. É o coração pulsante da nossa região, nos conectando ao mundo e impulsionando o turismo, a indústria, o comércio, a saúde, a educação e o esporte. As recentes enchentes causaram danos significativos, mas não abalaram o nosso espírito. A frase principal da nossa campanha é #RSDeNovoNoAr Reativando o Coração de Nossa Região! Por isso, juntos vamos reativar o aeroporto e fazer o coração da nossa região bater mais forte!”, enfatizou.

Já no lançamento a diretoria, associados e presentes foi convocada para uma audiência pública que será realizada segunda-feira, (dia 17/06/14h) na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS), na Washington Luiz, 1.100, para discutir esse tema tão importante. A preocupação das executivas das empresas de turismo tem fundamento.  Como o Aeroporto Internacional Salgado Filho ficou mais de um mês inundado, a administração do mesmo – a empresa alemã Fraport – anunciou que enquanto não terminar uma série minuciosa de testes não irá iniciar os reparos ou obras necessárias, o que só começariam no mês de agosto. Com isso, ainda de acordo com a administração, só em dezembro será possível entregar o aeroporto aos gaúchos. Como o Aeroporto Salgado Filho é a principal rota de saída e entrada de passageiros, todos os setores estão prejudicados, visto que os aeroportos indicados como alternativa não conseguem atender além de 15% da demanda tradicional do principal aeroporto do Rio Grande do Sul.

Você pode gostar...

SSL Bravulink